ANO VIII - 2007/2014 - www.curiosidadescatolicas.blogspot.com - Um Blog Católico Apostólico Romano - Produzido em Volta Redonda - R. Janeiro - Brasil.

Seja bem-vindo. Hoje é

25 de jan de 2013

Por que São Paulo se converteu? Ouça Pe. José Bizon



RealAudioMP3 
Cidade do Vaticano (RV) - No dia 25 de janeiro, celebra-se a conversão de São Paulo. Nascido em Tarso, na Cilícia, por volta do ano 10, era um autêntico defensor do Judaísmo, e de perseguidor, tornou-se o maior anunciador do Cristianismo. Como se deu esta conversão? 

Quem responde é o Padre José Bizon, mestre em Ecumenismo pela Pontifícia Universidade Santo Tomás, de Roma; ex-assessor da Comissão Episcopal para o Ecumenismo, atualmente cônego da Arquidiocese e diretor da Casa da Reconciliação, em São Paulo.

Ele foi tocado pela ação do Espírito Santo, ele conheceu através dos escritos, do testemunho de outras pessoas que falavam do Jesus de Nazaré. Ele que era fiel à lei, achava que deveria dar esta continuidade, mas através do testemunho também de outros apóstolos das primeiras comunidades, dos primeiros cristãos, ele também se sente tocado pelo próprio Jesus de Nazaré e de perseguidor passa a ser o anunciador e depois será também perseguido. Portanto, ele foi capaz de ouvir a mensagem; ele estava aberto ao testemunho de outras pessoas e deixou-se tocar também pela ação do Espírito Santo. A partir daí ele passou a ser o grande anunciador do Reino de Deus; passou a ser o grande anunciador de Jesus Cristo e da Boa Nova a todos os povos. Celebrar a festa do Apóstolo Paulo no encerramento da Semana de Oração pela Unidade dos cristãos no hemisfério Norte e ter também a Palavra de Deus no centro, que é fonte e alimento da espiritualidade ecumênica, a exemplo do próprio Apóstolo Paulo”.

Sua conversão ocorreu de modo inesperado a caminho de Damasco, quando liderava uma perseguição contra os cristãos daquela cidade. Jesus Ressuscitado apareceu-lhe e o derrubou do cavalo, transformando-o de cruel perseguidor dos cristãos em ardoroso apóstolo dos gentios. Qual o significado desta simbologia?

Eu gosto desta metáfora, desta figura que o Apostolo Paulo caiu do cavalo. No Brasil, temos um modo de dizer, popular, que é ‘cair do cavalo’ quando temos uma idéia, ou quer fazer alguma coisa que é do nosso modo, sem pensar nos outros, e de repente, a gente caiu do cavalo. Assim foi o Apostolo Paulo. Creio que a sua queda é muito figurativa: ele caiu por terra e renasceu de novo. Caiu mas se levantou numa nova perspectiva, então, portanto, ele foi derrubado de toda a perseguição, o ideal um tanto quando ‘fanático’ que ele tinha em questão da lei e se deixa tocar pelo próprio Jesus. Portanto, ele caiu por terra como o ressuscitado e levanta para uma vida nova, para uma conversão, e começa a levar a mensagem a todos os povos. Quem de nós nunca caiu do cavalo diante de um projeto pessoal, pensando apenas em nós mesmos? Assim como nós caímos do cavalo algumas vezes, o Apóstolo Paulo caiu e acordou para o novo projeto, que era uma coisa mais ampla do que aquele seu pensamento radical e – digamos – fundamentalista. Aquela perseguição só causaria destruição. Ao se levantar, encontra Ananias e vai se abrir para uma nova realidade”. 

Nenhum comentário:

Veja também

REFLITA

Ter uma vida positiva é ter consciência que o universo precisa de você; é lutar pelos SONHOS de maneira determinada; é crescer sem precisar diminuir ninguém; é ter a verdade como um principio vital; é usar o poder da ousadia construtiva; é saber agradecer e perdoar, fraterna e totalmente; é priorizar a família; é viver cada dia de uma vez, sendo alegre no presente e otimista no futuro; é respeitar o próprio corpo; é se preocupar com os mais carentes; é preservar a natureza; é não se abater nos momentos de dor; é jamais perder a esperança; é ter auto estima; é ser rico em humildade; é sempre fazer a sua parte...Pois quando você faz a sua parte tenha certeza de que Deus fará a parte dele.

BLOG'S DO IVSON

SEGUIDORES